Assinar
Leiria

Nova edição do Orçamento Participativo de Leiria vale 836 mil euros

Ideias dos cidadãos podem ser apresentadas até 13 de maio, nas categorias Verde ou Imaterial, Jovem e Material.

A colocação de uma estátua ou busto em homenagem a José Hermano Saraiva no jardim da Vala Real foi uma das propostas eleitas no ano passado CML

Cerca de 836 mil euros é o montante que a Câmara de Leiria disponibiliza no âmbito do Orçamento Participativo (OP) 2022/2023, para a execução das propostas dos cidadãos que forem mais votadas.

As candidaturas abriram na terça-feira, podendo os munícipes concorrer até 13 de maio em três categorias: Verde ou Imaterial, Jovem e Material.

Segundo a autarquia um projeto ‘Verde’ deve “promover a proteção ambiental e o desenvolvimento sustentável, sendo que o ‘Imaterial’ inclui as ideias que não impliquem obra e que tenham uma abrangência obrigatoriamente suprafreguesia”.

As propostas da categoria ‘Jovem’ referem-se às ideias apresentadas por cidadãos que frequentem, no mínimo, o ensino secundário e que tenham, no máximo, 30 anos inclusive, enquanto a categoria ‘Material” refere-se a projetos que impliquem a realização de empreitada.

As ideias devem ser submetidas através da plataforma dedicada ao programa, onde podem ser também consultadas as normas de participação e esclarecer dúvidas. A análise das propostas decorrerá entre 23 de maio e 14 de julho, sendo a lista provisória das ideias admitidas e excluídas divulgadas a 15 de julho.

A votação das propostas admitidas decorrerá entre 26 de setembro e 8 de outubro.

Em 2021, foram apresentadas 42 propostas ao OP, tendo o júri admitido oito para votação. Destas, foram eleitas sete que determinaram um investimento de cerca de 320 mil euros. O valor remanescente (310 mil euros) transitou para a edição deste ano, a que acrescem 526 mil euros correspondentes a 1,5% das despesas de capital do ano anterior.

A celebração dos 80 anos da Revolta do Milho, a criação de um ecocentro móvel para deposição de diferentes tipos de resíduos e circulação pelas freguesias, um espaço museológico na antiga escola básica do Souto de Cima, Caranguejeira, e a colocação de estátua/busto do professor José Hermano Saraiva (1919-2012) no jardim da Vala Real, em Leiria, integram a lista das propostas vencedoras.

Ganharam ainda as candidaturas para criação de zona de lazer e de desporto no pinhal da Escola Básica do 2º e 3º ciclos Henrique Sommer, na Maceira, a instalação de iluminação pública na rua General Norton de Matos e colocação de cobertura exterior no Jardim-de-Infância da Caranguejeira.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.