Assinar
Sociedade

Protocolo aproxima Politécnico de Leiria e LSI Stone na captação e retenção de talentos

A promoção conjunta de seminários, workshops, projetos, ações de formação e estágios são algumas áreas de atuação do protocolo.

O protocolo foi assinado entre Regina Vitório, CEO e sócia fundadora da LSI Stone, e Rui Pedrosa, presidente do Politécnico de Leiria Politécnico de Leiria

O Politécnico de Leiria e a empresa LSI Stone são agora parceiros formais no que toca à formação, captação e retenção de talento, mas também à promoção de estágios, ações de formação, cultura, investigação, mobilidade, internacionalização e mecenato.

O protocolo foi assinado ontem, dia 16, nos Serviços Centrais do Politécnico de Leiria, entre o presidente do Politécnico, Rui Pedrosa, e Regina Vitório, CEO e sócia fundadora da LSI Stone.

Ao nível da formação em contexto de trabalho, a colaboração passa pela realização de estágios e projetos finais de curso, promovidos pelo Politécnico, no âmbito das formações em Cursos Técnicos Superiores Profissionais, licenciaturas e mestrados.

O protocolo prevê ainda a promoção conjunta de seminários, workshops, a cooperação no desenvolvimento de cursos de curta duração, de pós-graduações ou outros, “incluindo no âmbito da Universidade Europeia” liderada pela instituição de Leiria, lê-se em nota de imprensa.

A criação de residências artísticas nas instalações da LSI Stone ou noutros espaços identificados pela empresa e a realização de projetos de cocriação são outros objetivos da cooperação.

Relativamente à investigação, o documento prevê o desenvolvimento de projetos ligados sobretudo à sustentabilidade, e o estudo de novas formas de mobilidade internacional para estudantes ou docentes do Politécnico de Leiria e colaboradores da empresa.

Na área da internacionalização, pretende-se “promover uma maior conectividade através das redes e consórcios internacionais” que o Politécnico integra. E na área do mecenato, apoiar iniciativas como a “atribuição de bolsas aos melhores estudantes” e estabelecer um contacto mais próximo com o tecido empresarial, de forma a promover a integração destes alunos no mercado de trabalho, explica o Politécnico de Leiria na mesma nota.

Para Rui Pedrosa, citado no comunicado, “a celebração deste protocolo é uma oportunidade grande de ligação ao sector dos recursos minerais e transformação da pedra, que é um ativo da região muito relevante, quer do ponto de vista do emprego criado, do valor acrescentado ou das exportações”.

Regina Vitória, sócia fundadora da LSI Stone, considera a parceria “importante para o sector, que acaba por ser muito visto à margem de outras fileiras, por a pedra natural ainda ser considerada uma coisa bruta e cheia de pó, quando na realidade já não é assim. Somos uma indústria já bastante modernizada e apelativa, e pretendemos modernizá-la ainda mais. Para isso, contamos com o Politécnico de Leiria”.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar