Assinar
Cultura

RHI volta a Leiria e Alcobaça para capacitar agentes culturais e promover artistas

Programadores e especialistas internacionais em arte e cultura estão na região entre os dias 22 e 24 de junho para um conjunto de palestras, workshops e showcases.

Leiria e Alcobaça estão na rota das 12 cidades nacionais que recebem a quarta edição de RHI – Revolution Hope Imagination, criado pelo Arte Institute para impulsionar a internacionalização da arte contemporânea portuguesa.

Um programa de palestras, workshops e showcases com programadores internacionais que procuram novos talentos em Portugal desenvolve-se entre 17 e 25 de junho, chegando a Alcobaça no dia 22 e a Leiria de 22 até dia 24.

Em comunicado, o Arte Institute explica que RHI pretende ser um ponto de encontro entre artistas, agentes culturais e público em geral para “debater o futuro da cultura e das artes e encontrar novas estratégias para a promoção nacional e internacional dos ‘nossos’ artistas”.

Churky, Surma, Moullinex, Ap The Rapper, Ricardo J.Martin, Dança em Diálogos, Karyna Gomes, Guarda-Rios ou Marcelo Magdalene são alguns dos artistas que, devido à participação em anteriores edições de RHI, deram nas vistas, sendo convidados para atuar em palcos de São Paulo, Cairo, Central Park/Nova Iorque, Miami, Cabo Verde ou Rio de Janeiro, lembra o instituto.

Programação

Alcobaça

22 de junho

11h30 – Workshop “Como fazer um pitch de sucesso”, com Francisco Cipriano (responsável pelo curso Fundos Europeus para as Artes e Cultura – Da ideia ao projeto), na Biblioteca Municipal de Alcobaça

15h – Palestra “Como produzir para cultura e turismo”, com Mickela Mallozzi (apresentadora e produtora executiva da série “Bare Feet”, da PBS) e Allie Silver (fundadora e diretora da Free Radical Productions), na Biblioteca Municipal de Alcobaça

16h30 – Palestra “O mercado cultural internacional pela voz de alguns dos mais reputados programadores mundiais”, com Connie Lopes (diretora artística do festival Back2Black, do Brasil), Fran Mello (diretor artístico da Companhia de Ballet da Cidade de Niterói, Brasil), Joni Schwalbach (fundador do Mozambique Music Meeting, de Moçambique) e Ricardo Pinto (diretor do jornal “Ponto Final”, de Macau), na Biblioteca Municipal de Alcobaça

18h – Workshop de dança com Fran Mello, da Companhia de Ballet da Cidade de Niterói, na Associação para o Desenvolvimento Sócio-cultural da Benedita

18h30 – Showcase com Henrique Seira, Mad Flirt e AP The Rapper, na Biblioteca Municipal de Alcobaça

Leiria

22 de junho

15h – Workshop “Como fazer um pitch de sucesso”, com Francisco Cipriano (responsável pelo curso Fundos Europeus para as Artes e Cultura – Da ideia ao projeto), no mimo – Museu da Imagem em Movimento

23 de junho

15h – Palestra “Portugal é culturalmente empreendedor – Case studies de projetos”, com Hugo Ferreira (fundador da Omnichord), Yoann Le Gruiec (criador e realizador de Soundscape), Sylvain Papyon (curador de Soundscape) e Paulo Silva (programador artístico do Cine-Teatro Louletano), no Museu de Leiria

16h30 – Palestra “O mercado cultural internacional pela voz de alguns dos mais reputados programadores mundiais”, com Connie Lopes (diretora artística do festival Back2Black, do Brasil), Fran Mello (diretor artístico da Companhia de Ballet da Cidade de Niterói, Brasil), Joni Schwalbach (fundador do Mozambique Music Meeting, de Moçambique) e Ricardo Pinto (diretor do jornal “Ponto Final”, de Macau), no Museu de Leiria

18h – Showcase com Lost Lake, Inês Apenas, EN1 e Manipulartes, no Teatro José Lúcio da Silva

24 de junho

18h30 – Workshop “Financiamento público – DGArtes”, com Suzana Durão (consultora em Tecnologia na área da Cultura na DGArtes), no mimo – Museu da Imagem em Movimento

Inscrições: rhi@arteinstitute.org

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.