Assinar


Pombal

Detido em Pombal por violência doméstica recorrente sob efeito de álcool

A situação de violência, sobretudo psicológica, já era “recorrente”, embora ainda não tivesse tido a intervenção da GNR

O Comando Territorial de Leiria da GNR, através do Posto Territorial de Pombal, deteve um homem de 32 anos por eventual crime de violência doméstica, informou esta sexta-feira, dia 19, aquela força policial.

Após uma denúncia de violência doméstica, os militares da Guarda deslocaram-se ao local e aí apuraram que o suspeito se encontrava a ameaçar e a coagir psicologicamente a vítima, sua ex-companheira de 30 anos, quando esta estava a terminar a relação de cinco anos, disse o tenente Ricardo Monteiro.

No seguimento da ação policial, na terça-feira, dia 16, o homem foi detido e, após ter sido presente a primeiro interrogatório, o juiz de instrução do Tribunal Judicial de Leiria aplicou-lhe a medida de coação de prisão preventiva.

Segundo Ricardo Monteiro, a situação de violência, sobretudo psicológica, já era “recorrente”, embora ainda não tivesse tido a intervenção da GNR.

A vítima relatou àquela força policial que o homem tentava controlá-la e retirava-lhe o telemóvel.

A violência física “começou a surgir associada ao consumo de álcool” por parte do arguido.

A GNR recordou que violência doméstica é crime público e que denunciar é uma responsabilidade coletiva.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados