Assinar
Batalha

Faleceu Adriano Luís Monteiro, guardião do património da Batalha

Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, Centro Recreativo da Rebolaria e Rancho Folclórico Rosas do Lena são entidades a que o nome do investigador ficará sempre ligado.

foto de Adriano Luís Monteiro a intervir numa exposição

Faleceu ontem o investigador Adriano Luís Monteiro, autor de várias publicações de âmbito histórico e uma das figuras mais importantes na preservação da memória e do património da Batalha, concelho onde nasceu em 1941.

A residir há vários anos em Famalicão, na Nazaré, o investigador nunca perdeu a ligação à terra de origem. Na nota de pesar publicada na rede social Facebook, a Câmara da Batalha refere que Adriano Monteiro foi “um dos principais entusiastas para a instalação do Museu da Comunidade Concelhia, estando expostas algumas publicações que cedeu a este equipamento”. À sua ação deve-se também “a constituição do Centro Recreativo da Rebolaria, do qual foi um dos sócios fundadores e a dinamização do Rancho Folclórico Rosas do Lena”.

De acordo com a mesma nota “deve-se a Adriano Luís Monteiro e à sua curiosidade sobre as áreas do património e da arquitetura a salvaguarda de algumas das publicações mais relevantes já editadas, em Portugal e no estrangeiro que expunha na sua biblioteca pessoal, constituída por milhares de publicações, muitas delas relativas à Batalha”.

O corpo do investigador estará na Casa Mortuária de Leiria na sexta-feira, a partir das 13h30. Seguirá depois para o crematório.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.