Assinar
Sociedade

Autoridades alertam para cuidados redobrados em idas à praia em fim de semana de calor e mar convidativo

Previsão aponta para um fim de semana de sol, com temperaturas máximas a rondar os 30 graus. Até o mar parece convidativo, com 21 graus de temperatura da água

Com as temperaturas a ultrapassarem os 30 graus e com a água do mar a mais de 21 graus, o fim de semana pode convidar a uma ida à praia.

A Autoridade Marítima Nacional sabe que estão criadas as condições para bons dias de praia, mas deixa o alerta: são necessários cuidados redobrados, pois muitas praias já não estão a ser vigiadas.

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) “alerta para os cuidados que são necessários manter por parte da população, em especial devido ao facto de parte das praias terem já encerrado o seu período balnear, não se encontrando vigiadas”, refere numa nota à comunicação social.

Efetivamente, a previsão meteorológica para a região aponta para um fim de semana de sol, com temperaturas máximas a rondar os 30 graus e, nalguns casos, um pouco mais.

E até o mar parece estar convidativo, com a previsão de 21 graus para a temperatura da água – em algumas praias da região esse valor deverá aproximar-se dos 22 graus na tarde de domingo – e uma ondulação a rondar o metro de altura.

As autoridades recordam, todavia, que é necessário um cuidado especial, atendendo que em muitas praias, a época balnear já terminou.

De acordo com os dados da AMN, desde o arranque da época balnear deste ano, em maio, em todo o país, “já se verificaram 790 ações de salvamento a banhistas. Registam-se, até ao momento, 20 acidentes mortais, dos quais 13 são por afogamento em praias marítimas, fluviais ou lacustres e noutras zonas marítimas sob jurisdição da Autoridade Marítima Nacional”.

“Dos acidentes mortais por afogamento 11 ocorreram em praias não vigiadas e 2 em praias vigiadas”, reforça a AMN.

Há um conjunto de conselhos que a AMN deixa aos utilizadores das praias para que o possam fazer em segurança. Confira: Frequentar as praias permanentemente vigiadas; Vigiar permanentemente as crianças; Respeitar a sinalização das praias; Tomar refeições ligeiras; Respeitar os períodos de digestão e evitar entrar na água de forma repentina; Evitar as horas de maior exposição solar (11h – 17h); Não se colocar debaixo de arribas instáveis; Respeitar a sinalização das bandeiras; Respeitar as indicações dos nadadores-salvadores, dos agentes da autoridade e dos elementos que reforçam a vigilância nas praias; Em caso de emergência não entre na água, chame o nadador-salvador ou ligue o 112.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.