Assinar
Batalha

Homem detido na Batalha por violência doméstica sobre ex-companheira

Presente a tribunal, arguido ficou proibido de se aproximar e contactar a vítima.

Detenção foi efetuada na segunda-feira mediante mandado judicial

Um homem de 39 anos foi detido na segunda-feira, na Batalha, por suspeita de violência doméstica sobre a ex-companheira, de 35 anos.

A operação, desenvolvida pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) com mandado de detenção, resultou de uma investigação em que os militares apuraram que o indivíduo “exerceu violência física e psicológica sobre a vítima”.

Presente esta terça-feira a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Leiria, o detido ficou proibido de contactar a vítima e obrigado a manter-se afastado, adianta a GNR em comunicado.

“A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva”, acrescenta a GNR, que apela à participação de qualquer situação suspeita, e deixa vários contactos.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados