Select Page

Autor: Marina Guerra

Prisão domiciliária para atropelamento mortal na Barosa

O jovem que atropelou mortalmente Tiago Seiceira, em Dezembro de 2008, na EN 242, na Barosa, foi hoje condenado a dois anos de prisão, pelos crimes de homicídio por negligência grosseira e o crime de omissão de auxílio. A pena será cumprida em regime de permanência na habitação.

Ler Mais

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A programação da Capital Europeia da Cultura deve ou não incluir espetáculos tauromáquicos?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo