Na AMO, Assembleia Municipal de Ourém, a que tenho a honra de presidir, existe um projeto designado AJO – Assembleia Jovem de Ourém, – que envolve milhares de jovens de vários estabelecimentos de ensino do concelho. Este Projeto, que é já uma referencia nacional, foi também uma das razões pela qual a AMO venceu o prémio de boas práticas das Assembleias Municipais no que diz respeito ao desígnio de aproximação dos eleitos dos eleitores.

Este ano o tema escolhido foi o da “Arte Urbana” ou “Street Art”, cujo objetivo era que os jovens dessem largas à imaginação e apresentassem ideias para melhorar a estética das suas cidades, vilas e aldeias, objetivo claramente atingido e com distinção. Os jovens surpreenderam na qualidade das propostas apresentadas, demonstrando um amor inequívoco à sua terra, uma dedicação muito grande à causa pública e à cidadania.

A Assembleia dos jovens reuniu-se pela segunda vez no passado dia 15 de junho, na sala da Assembleia Municipal de Ourém, lá foram apresentados todos os projetos a concurso na edição deste ano. Posso garantir-vos que eram todos de grande qualidade e beleza. No passado dia 26 de junho, na sessão ordinária da AMO, foram apresentados aos deputados municipais e executivo da câmara, os três projetos vencedores deste ano, os mesmos recolheram o agrado unanime de todas as bancadas e o compromisso do executivo de tudo fazer para os concretizar.

#ETUVAISAGIR é o mote da AJO que visa motivar e desenvolver competências para o exercício de uma cidadania ativa e responsável, valorizando a participação informada. Pretende aproximar os jovens dos eleitos locais, realçando a importância do seu contributo para a resolução de problemas de âmbito local, dando-lhes voz junto dos órgãos municipais.

Sinto um enorme orgulho nos jovens de Ourém, a Ajo oferece-nos sinais claros de que o futuro do concelho está assegurado, os homens e mulheres de Ourém no futuro serão entregues à causa pública, serão corajosos, serão resilientes e empreendedores.

Atrevo-me a dizer que em Ourém o futuro está garantido, os jovens participam ativamente na cidadania e participam bem!

(Artigo publicado na edição de 9 de julho de 2020 do REGIÃO DE LEIRIA)