Cláudio de Jesus, Engenheiro do Ambiente claudiojesus2012@gmail.com

Constato com agrado que uma das novas cronistas do Região de Leiria dá pelo nome de Ana Bonifácio. Para quem não souber, informo-vos que se trata de uma (ainda) jovem arquitecta urbanista, que no final da década de 90 teve a feliz ideia de desenvolver um trabalho de projecto final de licenciatura, intitulado “Sistema Rio”.

Se dela vos falo, é porque esse projecto foi o embrião do maior projecto de requalificação urbana a que os leirienses assistiram nas últimas décadas, e a que foi dado o nome de LeiriaPolis.

O Polis em Leiria teve o enorme mérito de “transportar” os habitantes de Leiria para as margens do seu rio, o Lis, depois de as ter requalificado. Novas vias urbanas foram criadas (com as famosas pontes), e dessa forma muitos leirienses adquiriram novos e muito saudáveis hábitos de vida.

No entanto, insatisfeitos por natureza, queremos sempre mais. Mais Polis em Leiria, que permita o usufruto de outras margens do rio Lis.

Por isso, aqui proponho um novo projecto de requalificação peri-urbana, que estenda o projecto de Leiria até à nascente do Lis, ou vice-versa, com o desenvolvimento de vias pedonais e de uma ciclovia. Esse projecto teria sobretudo o mérito de nos pôr em contacto com bonitas paisagens rurais, bem próximas da cidade, e que seguramente muitos leirienses desconhecem.