centro pinus

Projetos florestais da região de Leiria recebem apenas 47 euros por hectare para investimentos

Os seis milhões de euros aprovados no âmbito do programa de Desenvolvimento Rural destinam-se, sobretudo, à recuperação rural após os incêndios

“Incêndios florestais serão a principal causa de declínio da área de pinhal”

João Gonçalves, presidente do Centro Pinus, associação sem fins lucrativos que reúne os principais agentes da fileira do pinho, fala dos desafios do pinheiro-bravo, espécie que continua a perder terreno. E afinal é, explica, de importância estratégica e, na região, abarca um sector económico dinâmico.

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.