Select Page

Psicólogos de Leiria lançam guia para pais com crianças hiperactivas

Psicólogos de Leiria lançam guia para pais com crianças hiperactivas

Sair de casa de manhã a tempo de chegar a horas à escola pode ser uma tarefa herculiana para os pais de crianças com hiperactividade e défice de atenção. Simples rotinas como o vestir e tomar o pequeno-almoço acabam muitas vezes num autêntico braço-de-ferro entre pais e filhos. No regresso a casa, ao fim do dia, o “conflito” prossegue seja na hora dos trabalhos de casa seja nas pequenas tarefas do quotidiano.

E se as crianças precisam de ajuda, os pais também, para conseguirem lidar com os sentimentos de angústia, frustração, desespero e cólera que os assolam.

Foi justamente para ajudar os pais a encontrarem estratégias para lidarem com os filhos com hiperactividade e défice de atenção (PHDA), entre outras perturbações do comportamento de base neurodesenvolvimental, que os psicólogos Paulo Costa, Susana Heleno e Carla Pinhal, de Leiria, escreveram o livro “Juntos no desafio: um programa de promoção de competências para pais e crianças com PHDA”.

Segundo Paulo Costa, psicólogo de Pediatria no Hospital de Santo André, trata-se de “um guia de estratégias para fazer face aos principais constrangimentos e dificuldades sentidos pelos pais com crianças com estas perturbações”.

Uma criança com défice de atenção “não é capaz de focar a sua atenção numa tarefa”, seja um trabalho de casa ou um jogo. A hiperactividade traduz-se genericamente num excesso de actividade motora. “A criança fala demais, não consegue controlar os seus movimentos, não pára quieta mesmo a ver televisão ou à mesa”.

Hiperactividade ou excesso de energia?

Paulo Costa alerta, no entanto, para a necessidade de um diagnóstico médico, até porque é comum rotular de hiperactivas crianças que têm apenas excesso de energia.

“O diagnóstico tem de ser clínico, baseando-se em recursos validados e escalas de avaliação de comportamento”, refere o especialista, para quem o acompanhamento psicológico é muito importante, associado ou não a um tratamento farmacológico.

“Os fármacos não chegam”, sustenta, lembrando que estes têm um tempo de actuação limitado. O programa “Juntos no desafio” propõe assim doze sessões de intervenção, devendo cada uma ser implementada pelos pais durante o período mínimo de uma semana, individualmente ou com acompanhamento especializado.

“Aprenda a prestar atenção: utilize o tempo especial!”, “Elogios nunca são demais: Use e Abuse!”, “Desobediência ocasional – Novas ferramentas”, “O que fazer em público? Pense antes de agir!”, “Ajude o seu filho a regularas emoções” são algumas das etapas deste manual de educação parental que pode ser também utilizado por professores, educadores e técnicos de intervenção psicológica, comportamental e/ou clínica.

Para o efeito, o programa, protagonizado por Faísca, dispõe de materiais de apoio dirigidos a pais e crianças, que podem ser descarregados e impressos através do site www.juntosnodesafio.com.

Martine Raínho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt

2 Comentários

  1. Paulo José Costa

    Boa Noite! Uma informação relevante é que a sua filha tem apenas 4 Anos de idade e para que se possa fazer um diagnóstico de PHDA, terá de ter 6 Anos de idade. Esta e outras informações, poderá encontrá-las no livro que acabamos agora de publicar. Recomendo consulta do Site http://www.juntosnodesafio.com. Paulo José Costa

    Responder
  2. Thaty Lima

    outro dia vi uma reportagem sobre esse assunto que até então não conhecia.tenho uma filha de 4 anos ja é o segundo ano dela na escolinha e ela continua agitada, onde quer que eu vá com ela, ela mexe em tudo e sempre tenho que falar com ela mais de 4 vezes as regras mesmo assim ela esquece.,.Esses podem ser sintomas de hiperactividade?

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo