Assinar
Cultura

Prémio Gaspar Frutuoso para Paulo Assim

O romance “A quinta-feira dos pássaros” valeu a Paulo Assim o primeiro lugar no Prémio Gaspar Frutuoso, na modalidade de Literatura, atribuído pela Câmara Municipal de Ribeira Grande, nos Açores.

É para um período imediatamente antes do 25 de Abril que “A quinta-feira dos pássaros” transporta o leitor. O romance valeu a Paulo Assim o primeiro lugar no Prémio Gaspar Frutuoso, na modalidade de Literatura, atribuído pela Câmara Municipal de Ribeira Grande, nos Açores.

Apesar de ter vivido naquele tempo, este não é um auto-retrato, sublinha o autor da Batalha. A história que é contada por “um miúdo de 11 anos” é a dos 15 dias que antecederam a Revolução dos Cravos e “da realidade social de uma típica família simples e pobre de Portugal”.

Paulo Assim é o pseudónimo de Paulo Carreira, 44 anos, desenhador de moldes que se dedica à escrita desde o sexto ano de escolaridade. Poesia e contos são outros estilos para onde canaliza a sua inspiração. “A quinta-feira dos pássaros” é a sua única obra publicada e já ganhou outro prémio: em 2006, foi distiguida com o “Paul Harris” atribuído pelo Rotary Club de Faro. O primeiro lugar no Prémio Gaspar Frutuoso – este
ano houve seis obras finalistas – vale uma recompensa de três mil euros e a reedição da obra.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.