E de repente, o átrio do Hospital de Santo André encheu-se de falsos médicos, enfermeiras e pacientes, que tocavam e cantavam para espantar os males.
Foi na noite de uma sexta-feira, 8 de Abril, e não era mais que um concerto/performance no âmbito do I Encontro “Saúde com Arte”, promovido pela SAMP, em parceria com o Hospital.

É ali que todas as semanas voltam os músicos que aliviam a carga de um internamento, através dos programas destinados à saúde mental e à pediatria.

O concerto reuniu dezenas de participantes do Encontro, para além de médicos, enfermeiros e auxiliares do Hospital de Santo André.