Assinar
Sociedade

Alunos manifestam-se em visita da ministra à Escola Secundária de Pombal

Cerca de 20 alunos do 11º ano manifestaram-se ontem, 14 de Maio, contra o atual regime das aulas de substituição e dos testes intermédios durante uma visita da ministra da Educação à Escola Secundária de Pombal.

Cerca de 20 alunos do 11º ano manifestaram-se ontem, 14 de Maio, contra o atual regime das aulas de substituição e dos testes intermédios durante uma visita da ministra da Educação à Escola Secundária de Pombal.

À saída da governante daquela escola, os jovens, empunhando cartazes e exibindo uma faixa, exprimiram descontentamento com a forma como estão a funcionar as aulas de substituição e os testes intermédios, protestando também contra “as faltas sistemáticas” de alguns professores, explicaram à agência Lusa alunos envolvidos na ação.

“Ou acaba-se de vez com as aulas de substituição ou então devem ser professores da mesma disciplina a dar a matéria do programa”, sublinhou Mário Martins, aluno da área de Ciências e Tecnologia.

Em relação aos testes intermédios, o jovem disse que os manifestantes preconizam que se realize apenas um anualmente e abrangendo a matéria relativa a só um ano letivo.

“Com as faltas sistemáticas dos professores, a matéria não é dada ou é dada a correr”, explicou, por seu turno, Sofia Dias, aluna do 11.º ano da área de Humanidades.

A ministra da Educação, Isabel Alçada, visitou a Escola Secundária com 3º ciclo de Pombal, deslocando-se depois a estabelecimentos de ensino em Coimbra e na Figueira da Foz.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.