Assinar
Cultura

Oposições e contrastes na edição 2010 do Festival “Música em Leiria”

O contexto histórico actual, recheado de contrastes e oposições, inspira a 28ª edição do Festival Música em Leiria, que começa a 26 de Maio e propõe 15 concertos até 4 de Julho.

O contexto histórico actual, recheado de contrastes e oposições, inspira a 28ª edição do Festival “Música em Leiria“, que começa a 26 de Maio e propõe 15 concertos até 4 de Julho.

“A programação deste ano espelha o contexto histórico em que vivemos. Este é um momento de contrastes, oposições e questões. Esta proposta é para nos fazer reflectir e fazer sentir coisas que não iríamos sentir se estes concertos não estivessem juntos”, explica o director artístico do festival, Miguel Sobral Cid.

O “Música em Leiria”, organizado pelo Orfeão de Leiria, ambiciona “alcançar algo mais do que a mera fruição musical”, convidando à “reflexão sobre o mundo e o momento que vivemos”.

Para tal, contempla diversos estilos e viaja por música que nasceu em contextos semelhantes ao actual. Miguel Sobral Cid sublinha o facto de alguns concertos lançarem “pistas para diferentes perspectivas de um mesmo princípio, que se pretende infinitamente criador”.

Em 2010 o festival começa e acaba em Leiria, levando concertos também a Pombal, Marinha Grande e Batalha e, além da música, também a dança está presente, com a coreografia “Talk Show”, de Rui Horta.

O primeiro concerto é a 26 de Maio, com um concerto da orquestra Europa Galente, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria. Ainda no mesmo local, no dia 28 de Maio actua a Orquestra de Câmara Portuguesa, no dia 1 de Junho é a vez do programa para as famílias “O jazz vai à escola” e no dia 2 do mesmo mês apresenta-se a Orquestra Gulbenkian.

A 8 de Junho actuam em Leiria a soprano Ana Maria Pinto e o pianista Nuno Vieira de Almeida e a 13 de Junho canta o Coro do Orfeão de Leiria.

Vera Dias, Cristina Ánchel, Pedro Ribeiro, Esther Georgie e Jonathan Luxton levam música francesa do início do século XX a Leiria no dia 14 de Junho e a Pombal no dia 15, enquanto o Mosteiro da Batalha recebe La Venexiana no dia 19.

O Coro Gulbenkian canta em Leiria a 20 de Junho e o pianista Pedro Gomes dá um recital na cidade no dia 22.

No dia 26 de Junho o Quarteto Blanc interpreta Mozart, Webern e Chostakovitch, no Museu do Vidro da Marinha Grande, enquanto Rui Horta mostra “Talk Show” a Leiria no dia 27.

A 28ª edição do “Música em Leiria” encerra a 04 de Julho, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, com um concerto da Orquestra Filarmonia das Beiras, com o clarinetista João Moreira como solista.

(fotografia: Ana de Labra)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.