Assinar Edições Digitais
Sociedade

Choque em cadeia na A1 provoca cinco feridos

Um choque em cadeia, pelas 12 horas de ontem, na autoestrada do Norte (A1), perto do nó de acesso a Pombal, envolvendo três veículos ligeiros, provocou cinco feridos, um dos quais em estado grave.

Um choque em cadeia, pelas 12 horas de ontem, na autoestrada do Norte (A1), perto do nó de acesso a Pombal, envolvendo três veículos ligeiros, provocou cinco feridos, um dos quais em estado grave.

O ferido grave, um homem de 44 anos de idade, que conduzia uma viatura com uma roulote, foi transportado para o Hospital dos Covões, mas não corre perigo de vida, disse, à agência Lusa, fonte desta unidade de saúde do Centro Hospitalar de Coimbra (CHC).

Dois dos feridos ligeiros são duas crianças, que também viajavam naquele veículo, foram transportadas para o Hospital Pediátrico de Coimbra, outro estabelecimento do CHC.

Os outros feridos leves são uma mulher, que viajava na mesma viatura em que seguia o ferido grave e as duas crianças, e o condutor de outra das três viaturas envolvidas no choque em cadeia.

Os três carros envolvidos no choque, cujas “causas são ainda desconhecidas”, circulavam na A1, no sentido Norte-Sul, perto do nó de acesso a Pombal (quilómetro 155), adiantou á Lusa, um elemento do Destacamento de Trânsito da GNR de Leiria.

O acidente condicionou a circulação automóvel, obrigando o tráfego a processar-se, pela berma, durante cerca de uma hora, provocando uma fila de cerca de três quilómetros, disse a mesma fonte.

O trânsito naquele lanço da A1 retomou a normalidade pelas 13 horas.