Select Page

Marionetas “invadem” Leiria com espetáculos, ateliês e exposições

Marionetas “invadem” Leiria com espetáculos, ateliês e exposições

Do hospital à praça Rodrigues Lobo, da biblioteca aos teatros da cidade, marionetas invadem a cidade de Leiria a partir de hoje, sábado, 6 de Novembro, até dia 28 com um festival que inclui espetáculos, ateliês e exposições.

“Marionetas em novembro”, que já vai na sétima edição, promete este ano atrair também adultos, para “desmistificar a ideia de que os bonecos são apenas para crianças”, disse hoje à agência Lusa o vice presidente da Câmara Municipal de Leiria.

Gonçalo Lopes referiu que o festival inclui “espetáculos dirigidos a público adulto, o que o torna mais eclético, mais abrangente, possibilitando que chegue a um maior número de pessoas”.

“Além de espetáculos, temos exposições e ateliês, permitindo a abertura do festival a outro público”, continuou o autarca, sublinhando que o “programa diversificado” permite também “mostrar as diferentes técnicas de manipulação de figuras”.

Segundo o vereador responsável pelo pelouro da Cultura, o público pode “conhecer e apreciar os diversos tipos de execuções técnicas das marionetas” e não “apenas as histórias” que os vários espetáculos apresentam.

O festival começa na manhã de sábado no serviço de Pediatria do Hospital de Santo André, com “A Floresta dos Ti’s”, que se repete à tarde na Praça Rodrigues Lobo e nas Galerias Jardins do Lis. Ainda neste dia, no Fórum Fnac, Rui Sousa apresenta “Puppetologia”.

No domingo, sobe ao palco do Teatro Miguel Franco “Estórias do Dia e da Noite”, pelo Limite Zero.

Já a 13 de novembro, o grupo Circolando mostra “Paisagens em trânsito”, enquanto no dia 20 é a vez do espetáculo “Conta-me Histórias”, pelo Macapi – Movimento Animação Cultural Arte Popular Ibérica, e, no dia seguinte, chega a Leiria “Agakuke e Mamadu o Marabu” pela Lua Cheia Teatro para Todos, espetáculos que se dividem pelos teatros José Lúcio da Silva e Miguel Franco e biblioteca municipal.

“Marionetas em novembro” encerra a 28 de novembro no Teatro Miguel Franco com “Lenheiras de Cuca Macuca” pelo Teatro e Marionetas de Mandrágora.

Dois ateliês, sobre teatro de sombras e marionetas de meia, e duas exposições, “Pouco mais de ½ dúzia de ‘bonecos’” e “Gigantones”, completam o programa do festival.

A primeira inclui marionetas de fio e máscaras, de Delphim Miranda, e a segunda de bonecos construídos por Manuel Dias que integram a coleção do projeto GigaBombos do Imaginário.

A Câmara Municipal estima que entre espetadores e participantes, 1000 a 1200 pessoas marquem presença neste evento, orçado em 4400 euros.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

A Câmara Municipal da Marinha Grande deve comprar as piscinas de São Pedro de Moel?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This