Assinar
Sociedade

PJ detém reformado de Pombal suspeito do abuso sexual de criança

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção, nas cidades de Viseu e Pombal, de dois homens, ambos reformados, suspeitos de vários crimes de abuso sexual de crianças.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção, nas cidades de Viseu e Pombal, de dois homens, ambos reformados, suspeitos de vários crimes de abuso sexual de crianças.

Em comunicado, a Diretoria do Centro da PJ esclarece que “as vítimas têm idades compreendidas entre os 9 e os 13 anos”, tendo os suspeitos se aproveitado de “relações de proximidade com aquelas para praticarem os abusos”.

Segundo a PJ, os detidos, de 42 e 74 anos idade, aguardam o desenrolar do inquérito em prisão preventiva.

Fonte da Diretoria do Centro da PJ adiantou à agência Lusa que “os arguidos não têm antecedentes criminais”.

De acordo com a mesma fonte, no primeiro caso, o arguido está indiciado “pelo menos por oito crimes, tanto na forma consumada como tentada, a duas crianças do sexo feminino de nove e onze anos, vizinhas entre si e vizinhas do suspeito”, que é “reformado por incapacidade do foro psicológico”.

Já na situação de Pombal, o suspeito “é tio da vítima” e está indiciado “por vários crimes de abuso sexual consumados e cometidos desde o verão deste ano”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.