Assinar Edições Digitais
Sociedade

Susto não desmotiva ladrão de cobre

Apesar do susto, o homem suspeito de ter participado no furto de cobre, que a 13 de Outubro resultou na morte do seu companheiro de “aventura”, numa pedreira do Reguengo do Fetal, regressou à prática daquela actividade ilícita.

Apesar do susto, o homem suspeito de ter participado no furto de cobre, que a 13 de Outubro resultou na morte do seu companheiro de “aventura”, numa pedreira do Reguengo do Fetal, regressou à prática daquela actividade ilícita.

coConduzia a carrinha que, na altura, protagonizou uma louca fuga às autoridades. O pendura acabaria por falecer na sequência dos ferimentos provocados pelo disparo de um elemento da GNR. Contudo, em Dezembro, o elemento “sobrevivente” desta dupla de suspeitos – em liberdade com termo de identidade e residência – reincidiu no furto de cobre.

“Trata-se de um quadro de reincidência, ligado à toxicodependência. O roubo de cobre significa a realização de dinheiro fácil”, revela fonte que acompanhou o caso.