“Vamos trazer de volta por uma noite umas das bandas portuguesas que marcou várias gerações no início deste milénio!”.

Silence 4 em 2001: fãs pedem regresso

Os Silence 4 terminaram há dez anos mas ainda movimentam paixões e três amigos lançaram um evento no Facebook pedindo um concerto da banda de Leiria. Em poucos dias, mais de 30 mil utilizadores clicaram em “Vou participar”, provando as saudades que os Silence 4 deixaram entre os fãs.

De uma conversa de Pedro Gonçalves com Maria João Simões surgiu a ideia.

“Estava a ouvir Silence 4 e perguntei à Maria João Simões se ela se lembrava. Ela disse que adorava e que marcou uma grande fase da vida dela”. Num instante, com Rodrigo Murteira, também fã da banda, criaram o desafio no Facebook, uma “brincadeira” que tomou “proporções sérias”, diz Pedro Gonçalves.

“As expectativas desta iniciativa eram muito baixas. Nunca pensámos passar dos mil ou dois mil participantes”, explica.

Mas a reacção foi surpreendente. “Foi criado um movimento incrível à volta desta iniciativa e a tendência é para continuar. Só mostra a saudade e a nostalgia que existe desta grande banda”. Os três amigos eram demasiado novos quando os Silence 4 estiveram no auge. Mas reconhecem “afinidade” com o grupo.

“É fascinante a ideologia da banda, a simplicidade das suas músicas e a forma como surgiram e emergiram de repente para o sucesso, oferecendo a Portugal algo que este país não tinha na sua cultura: uma banda que marcasse verdadeiramente a adolescência de alguém”.

Mas será possível reunir David Fonseca, Rui Costa, Sofia Lisboa e Tozé Pedrosa? Os promotores da iniciativa sabem que será difícil. “Há alguns participantes que deixam mensagens que nos levam a crer que vêm de pessoas próximas da banda e que dizem que será impossível devido a vários factores”.

De David Fonseca, Rui Costa e companhia não se conhecem reacções, mas os três amigos têm sido contactados por agentes musicais e gestores de salas de espectáculos, que querem acolher um eventual concerto.

“Não vamos desistir. Caso não se confirme um concerto, serve de grande homenagem a uma banda que será eterna!”.