Assinar
Sociedade

Polícia detém dois condutores por dia no distrito por falta de carta

As probabilidades de se cruzar na estrada com condutores sem carta de condução são elevadas. Nos últimos três anos, GNR e PSP detectaram em média dois casos por dia no distrito de Leiria.

As probabilidades de se cruzar na estrada com condutores sem carta de condução são elevadas. Nos últimos três anos, GNR e PSP detectaram em média dois casos por dia no distrito de Leiria. Só este ano, a PSP apanhou mais de 40 infractores.

Raro é o dia em que PSP e GNR não identificam, no distrito, pessoas a conduzirem sem carta de condução.

Se contarmos as mais de 720 infracções detectadas em 2010, representam mais de duas por dia. Resultado? Foram detidos 570 automobilistas. Só a GNR detectou 521 casos, embora 151 suspeitos tenham escapado à detenção por não terem sido apanhados em flagrante delito.

Em 2009, os números foram ligeiramente inferiores: 645 infracções com 485 detenções. Já em 2008, não se pode dizer o mesmo: GNR e PSP contabilizaram 808 transgressões e 509 detenções.

As estatísticas são claras: os homens prevaricam mais do que as mulheres. Dados recolhidos junto do Comando Territorial de Leiria da GNR dão conta, em 2010, de 472 crimes envolvendo condutores do sexo masculino contra 49 protagonizados por mulheres.

E embora a maioria dos infractores tenha mais de 25 anos, andar de carro ou de mota com menos de 16 anos não é assim tão insólito. A GNR identificou no ano passado nove menores a conduzirem sem carta.

Em 2009, haviam sido oito, e, em 2008, 13. Constata-se, por outro lado, uma percentagem elevada de prevaricadores com idades entre os 16 e os 25 anos (26,5% em 2010, 37%, em 2009, e 30% em 2008).

Leia mais na edição em papel de 25 de Fevereiro ou aqui

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.