Assinar Edições Digitais
Sociedade

“Chuva de pedras” em obras do IC9 na Batalha danifica habitações (vídeo)

Um rebentamento nas obras de construção do troço do IC9 em Alcanadas, Batalha, provocou hoje, ao início da tarde, estragos em pelo menos uma dezena de habitações e numa viatura.

Um rebentamento nas obras de construção do troço do IC9 em Alcanadas, Batalha, provocou hoje, ao início da tarde, estragos em pelo menos uma dezena de habitações e numa viatura, disseram à Lusa moradores no local.

João Coelho mostra estragos no telhado da sua habitação. Foto: Joaquim Dâmaso

O rebentamento nas obras do IC9 originou “uma chuva de pedras”, disse Francisco Batista, de 74 anos, morador na aldeia.

O presidente da Câmara Municipal da Batalha, António Lucas, que já se deslocou a Alcanadas para se inteirar da situação, disse que “os populares deram conta de que tinha havido um rebentamento fora do normal, com prejuízos diretos e significativos para os moradores”.

Segundo o autarca, “o rebentamento de rocha nas obras, com recurso a explosivos, motivou a projeção de pedras” que atingiram as casas, a estrada e uma viatura.

As obras estão a ser efetuadas pelo consórcio Litoral Oeste Construtores, ao qual a autarquia “já pediu explicações sobre o ocorrido, bem como à Estradas de Portugal”, acrescentou António Lucas.

Os estragos não obrigam ao realojamento dos moradores.

No local estiveram já técnicos de empresas do consórcio construtor.