Assinar
Sociedade

Raul Castro apreensivo com novos cortes que já chegam a níveis “inimagináveis”

O presidente da Câmara de Leiria (PS) está “apreensivo” quanto a novos cortes no financiamento das autarquias, porque que já chegam a níveis “inimagináveis”, reagindo ao anúncio feito pelo Governo.

O presidente da Câmara de Leiria (PS) mostrou-se ontem “apreensivo” quanto a novos cortes no financiamento das autarquias, porque que já chegam a níveis “inimagináveis”, reagindo ao anúncio feito pelo Governo.

Cortes preocupam presidente da Câmara de Leiria

O ministro Teixeira dos Santos apresentou sexta-feira a atualização do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), que inclui um conjunto de medidas para 2011, 2012 e 2013, entre as quais a redução de transferências para as autarquias.

Raul de Castro disse à Agência Lusa que aguarda por detalhes, mas considera desde já que o anúncio de novos cortes “acaba por ser uma má notícia”.

O autarca espera para conhecer “a extensão” das reduções anunciadas, “para depois dizer à população o que não vai ser feito”, devido aos constrangimentos orçamentais.

Raul de Castro justifica-se dizendo que os cortes no financiamento do poder local “estão a atingir limites que não eram imagináveis”.

Segundo refere, todos os setores do município são motivo de preocupação, porque a situação financeira já é “complicada” e poderá ser ainda mais preocupante.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.