Assinar
Cultura

Orfeão de Leiria leva música aos mosteiros Património da Humanidade

O Orfeão de Leiria vai realizar uma série de concertos nos mosteiros Património da Humanidade. O programa tem início neste sábado, 11 de Junho, no Mosteiro de Alcobaça.

O Orfeão de Leiria vai realizar uma série de concertos nos mosteiros de Alcobaça, Batalha, Jerónimos, em Lisboa, e no Convento de Cristo, Tomar, todos monumentos Património da Humanidade.

O primeiro dos oito concertos oferecidos pelo Orfeão de Leiria será protagonizado pelo Ensemble de Metais do Orfeão de Leiria, que irá apresentar um vasto e variado repertório na Sacristia do Mosteiro de Alcobaça, às 16 horas de sábado, dia 11 de Junho.

A direcção ficará a cargo do maestro Mário Teixeira. No dia seguinte, 12 de Junho, o Coro e a Orquestra do Orfeão de Leiria, dirigidos pelo Maestro Rodrigo Queirós, oferecem um espectáculo composto por obras de Vivaldi, na Sala do Capítulo do Mosteiro dos Jerónimos, a partir das 11h00.

Os concertos oferecidos pelo Orfeão de Leiria vão continuar a animar os mosteiros de Alcobaça, Batalha, Jerónimos e o Convento de Cristo durante os próximos meses de Verão até ao dia 24 de Setembro.

Esta iniciativa contará com a participação de vários agrupamentos, como o Ensemble de Metais, o Coro e Orquestra do Orfeão de Leiria, o Ensemble Concertante de Guitarras, a Orquestra de Flautas, o 6ix Strings Guitar Duo, o Trio de Guitarras de Leiria, André Almeida Ferreira, na guitarra, a Orquestra do Estágio Internacional de Orquestra da Região de Leiria/Fátima e o Coro Ninfas do Lis.

Os concertos acontecem no âmbito de uma parceria desenvolvida entre o Orfeão de Leiria com o Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR) e com o Centro Nacional de Cultura (CNC).

 

 

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.