Assinar
Sociedade

Câmara de Leiria desactiva parques infantis por falta de homologação

A Câmara de Leiria desactivou definitivamente os parques infantis da Quinta do Seixal (Leiria) e Lourais (Cortes), por não estarem homologados. Seguem-se os da Urbanização Dinge e Quinta do Alçada.

A Câmara de Leiria desactivou definitivamente os parques infantis da Quinta do Seixal (Leiria) e Lourais (Cortes), por não estarem homologados.

A decisão surge na sequência de uma alteração legislativa que determina um conjunto de requisitos para parques infantis que, no caso daqueles dois casos, não se verificavam.

Segundo Lurdes Machado, vereadora dos Espaços Verdes da câmara de Leiria, o encerramento dos parques visa garantir a segurança das crianças, tendo sido desactivados os parques infantis que se encontravam em piores condições.

A autarca alerta para o facto de todos os parques infantis tutelados pela autarquia terem seguro de responsabilidade civil por danos corporais que, em caso de acidente, só pode ser accionado se os espaços de recreio estiverem homologados. A entidade que fiscaliza os parques públicos é a ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica.

Além da Quinta do Seixal e Lourais, foram encerrados temporariamente os parques da Rua de Lenhite (Marrazes) e o de Belmonte (Pousos).

Os parques infantis da Urbanização Dinge e da Quinta do Alçada, ambos nos Marrazes, serão os próximos a encerrar definitivamente, na terça-feira.

O estado em que se encontram os restantes parques está a ser avaliado para depois ser decidido o seu futuro. Os principais problemas detectados prendem-se com o mau estado do piso e a falta ou degradação das vedações.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.