Assinar
Sociedade

Empresa dá cinco mil euros para recuperar retroescavadora

Uma empresa da Ilha, Pombal, decidiu adoptar o método americano para recuperar uma retroescavadora: os responsáveis puseram um anúncio no jornal a oferecer cinco mil euros a quem a encontrasse.

Uma empresa da Ilha, Pombal, decidiu adoptar o método americano de procura de pessoas (e objectos). Depois de perderem uma retroescavadora, os responsáveis da Ilhaugusto puseram um anúncio no jornal a oferecer cinco mil euros a quem a encontrasse. O método deu resultado e a máquina já foi devolvida ao dono.

O método seguido pela Ilhaugusto resultou e a retroescavadora já foi encontrada

Perder é, aqui, sinónimo de “foi roubada”. A máquina estava estacionada no estaleiro das obras do IC36 (na Barreira, Leiria) onde a empresa está a trabalhar, e desapareceu no fim-de-semana de 8 e 9 de Outubro.

Os responsáveis da Ilhaugusto apresentaram queixa na PSP mas não ficaram satisfeitos com a resposta das autoridades.

Decidiram, por isso, avançar por conta própria. Não é a primeira vez que a Ilhaugusto recorre a um anúncio de jornal para recuperar material roubado. Mas este foi o primeiro episódio de sucesso. A retroescavadora foi encontrada na terça-feira, 11 de Outubro, num pinhal perto da zona das obras.

“Pensamos que deve ter avariado e foi abandonada”, explica Filipe Santos, funcionário da empresa.

Foi um morador da região quem encontrou o veículo e fez a associação com o anúncio que saiu do jornal. Agora, vai receber cinco mil euros. “Não era publicidade enganosa, vamos mesmo entregar o prémio”, assegura Filipe Santos.

Uma retroescavadora nova, semelhante à que foi roubada à Ilhaugusto (marca JCB3 CX) pode custar 50 mil euros. Os donos da empresa fizeram as contas e facilmente concluíram que pagar um anúncio de jornal e dar uma recompensa de cinco mil euros a quem encontrasse o veículo ficava muito mais barato do que adquirir uma máquina nova.

Sandra Mesquita Ferreira
sandra.ferreira@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.