Assinar
Sociedade

Tecnologia é um mundo masculino?

Será o mundo da tecnologia sobretudo um universo masculino? Catarina Reis, da organização do encontro Girl Geek Dinners, acredita que não.

Será o mundo da tecnologia sobretudo um universo masculino? “Creio que não, creio que é apenas aparente, ou melhor dizendo, temporário”, responde Catarina Reis, responsável pelo recente Girl Geek Dinners, em Leiria.

Em poucas palavras, trata-se de uma reunião de mulheres que têm uma relação próxima com a tecnologia. A verdade é que “numa altura em que têm que escolher a sua formação de base [as mulheres] tendem a preterir os cursos mais tecnológicos”.

Contudo, este afastamento “é rapidamente ultrapassado com a entrada na vida profissional activa”, refere esta docente do departamento de engenharia informática, no IPL.

“Gostaria de acreditar que o facto de não termos tantas mulheres ligadas directamente a cargos tecnológicos está apenas associada à questão de não termos tantas mulheres a entrar para cursos puramente tecnológicos”, afirma.

(Texto publicado na edição em papel do REGIÃO DE LEIRIA, no Especial Inovação e Tecnologia. Leia-o aqui, nas páginas 24 a 28)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.