Assinar
Sociedade

Leiria, Bombarral e Pombal em luta pela eliminação da violência contra as mulheres

O Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres assinala-se amanhã, sexta-feira. Leiria, Bombarral e Pombal associam-se à efeméride com a promoção de iniciativas de sensibilização.

O Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres assinala-se amanhã, sexta-feira. Leiria, Bombarral e Pombal associam-se à efeméride com a promoção de iniciativas de sensibilização.

Estima-se que, a nível europeu, uma em cada quatro mulheres já foi vítima de violência doméstica, sendo a principal causa de morte e invalidez entre as mulheres dos 16 aos 44 anos, adianta a associação Mulher Século XXI, de Leiria. Portugal apresenta uma das mais elevadas taxas de violência contra as mulheres, afirmando-se que uma em cada três mulheres é vítima deste tipo de violência. Destes casos, em média, resulta a morte de quatro mulheres portuguesas por mês.

Amanhã, a associação, que tem vindo a apelar à denúncia dos casos de violência, sai à rua, entre as 13 e as 16 horas, para chamar a atenção da população para o problema. A acção decorre perto do terminal da Rodoviária, do Centro Comercial Maringá, e do Teatro José Lúcio da Silva. A equipa irá oferecer  flores como veículo de aproximação e informação e estará disponível para prestar quaisquer esclarecimentos aos transeuntes.

No Bombarral, a data é assinalada com uma acção de sensibilização sobre “Violência no Namoro“. Dinamizada pela enfermeira Fátima Neves, do Centro de Saúde de Caldas da Rainha, a iniciativa tem lugar no auditório da Escola Básica e Secundária Fernão do Pó, entre as 12 e as 13h30, e destina-se à comunidade escolar.

Entretanto, hoje, quinta-feira, vários alunos do agrupamento de Escolas Fernão do Pó estão na Câmara Municipal, no Centro de Saúde e na sede do agrupamento a distribuir laços alusivos à efeméride.

Já em Pombal, a APEPI – Associação de Pais e Educadores para a Infância promove uma tertúlia sobre a temática, amanhã, às 21 horas no café Concerto de Pombal. A ocasião será ainda aproveitada para o lançamento simbólico da primeira pedra para a construção da casa abrigo para mulheres vítimas de violência.

 

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.