Assinar Edições Digitais
Desporto

Câmara pede retorno de verba de sintético da Pocariça

A Câmara de Leiria aprovou o fim do contrato-programa para a construção de um campo sintético no Centro Popular e Recreativo da Pocariça e exige que o clube devolva as verbas que recebeu, indicando que não foram realizadas obras no período previsto

A Câmara de Leiria aprovou o fim do contrato-programa para a construção de um campo sintético no Centro Popular e Recreativo da Pocariça, na última reunião, e exige que o clube devolva as verbas que recebeu, indicando que não foram realizadas obras no período previsto.

O clube não compreende a decisão e alega que iniciou as obras em 2010, “com movimentação de terras, estudos e lançamento da primeira pedra”, onde estiveram representantes da Câmara.

O dirigente Luís Santana é reservado quanto ao futuro e ao projecto do clube e adianta apenas “o homem sonha e a obra nasce!”.

O projecto seria apoiado com a verba de 131.302 euros por parte da autarquia, dos quais 13.800 euros já foram entregues. É essa verba que a Câmara de Leiria pretende agora ver devolvida.

“A freguesia de Maceira tem cerca de 12 mil habitantes, não existindo nenhum relvado sintético na mesma. Este clube é o mais antigo da freguesia a laborar, não há nenhuma explicação plausível para a decisão tomada pela autarquia”, refere Luís Santana, dirigente do Pocariça.

Marina Guerra (Texto)
marina.guerra@regiaodeleiria.pt