Assinar Edições Digitais
Sociedade

Loja de “drogas legais” abre no centro histórico de Leiria

De acesso reservado a maiores de 18 anos, a “Blue Magic”, instalada na Rua Direita, vende, entre outros artigos, substâncias que não são consideradas ilegais.

Uma smartshop abriu portas no início do mês em pleno  centro histórico da cidade de Leiria. De acesso reservado a maiores de 18 anos, a “Blue Magic”, instalada na Rua Barão de Viamonte (Rua Direita), vende, entre outros artigos, substâncias que não são consideradas ilegais mas cujos efeitos são tidos como semelhantes aos das drogas proibidas, a par de ervas, chás e cachimbos.

Apesar de várias tentativas, o REGIÃO DE LEIRIA não conseguiu contactar o responsável pela chegada da primeira loja do género à região. Espaço discreto e  que passa despercebido.

A abertura de uma smartshop “suscita sempre alguma preocupação”,  nomeadamente por facilitar “a toda a população o acesso a substâncias que não são consideradas ilegais, mas que não deixam de ter riscos para quem as consome”,  adianta ao nosso jornal Cristina Barroso, coordenadora do Centro de Respostas Integradas de Leiria, do Instituto da Droga e da Toxicodependência.

A responsável reconhece a existência de um vazio legal nesta matéria, que permite que sejam vendidas em espaços comerciais “substâncias alucinogénias sobre as quais não foi possível legislar dada a rapidez com que surgem no mercado” ou porque não foram identificadas.

“Algumas podem conter riscos, que dependem de quem as toma e do seu conteúdo, que pode não corresponder ao rótulo. Podem provocar alterações de comportamentos e de consciência, desconhecendo-se até que ponto podem ser prejudiciais”, alerta Cristina Barroso.

“O ideal seria não consumir”, adverte ainda, apelando a um cuidado acrescido no que toca à informação sobre o que são e os efeitos que podem provocar essas  substâncias. A estas preocupações acresce o facto de este novo estabelecimento, a exemplo de outros no país, se situar numa zona e ter um horário  “muito acessíveis” aos jovens.

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt
Sérgio Claro (foto)