Assinar Edições Digitais
Desporto

Sindicato dos Jogadores anuncia acordo para saída de Jô da União de Leiria

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) anunciou hoje ter ajudado a alcançar um princípio de acordo entre a União de Leiria e o avançado Jô para a revogação do contrato entre as partes.

O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) anunciou hoje ter ajudado a alcançar um princípio de acordo entre a União de Leiria e o avançado Jô para a revogação do contrato entre as partes.

O atleta está suspenso de toda a atividade na União de Leiria e proibido de frequentar as instalações da equipa depois de, na semana passada, ter alegadamente tentado agredir o diretor desportivo, Rodolfo Vaz, e insultado o treinador Manuel Cajuda.

Jô, de 23 anos, confirmou publicamente o ocorrido e admitiu a vontade de sair de Leiria, tendo recorrido ao SJPF para auxiliar à resolução do caso com o clube que, atualmente, ocupa o último lugar da Liga de futebol, com os mesmos 14 pontos do Vitória de Setúbal, penúltimo classificado.

Hoje, o SJPF anunciou que do contacto do presidente do organismo, Joaquim Evangelista, com o líder da SAD leiriense, João Bartolomeu, saiu o entendimento para a revogação do contrato entre as partes, que “será efetivada na sexta-feira”.

Citado pelo SJPF, Jô deixa uma porta aberta para o regresso a Portugal: “Não é um adeus, é um até já. Espero que tudo se resolva sem mais problemas até sexta-feira, porque de momento pretendo seguir a minha vida no Brasil e ser feliz”.

Em Leiria, Jô alinhou em 12 jogos da Liga pela União não marcando qualquer golo.

Lusa