Assinar Edições Digitais
Sociedade

Recolha de resíduos elétricos e eletrónicos ajuda bombeiros da região

Foi assinado o protocolo “Ponto de Recepção de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos” entre a Câmara de Leiria, os bombeiros de Leiria, Maceira e Ortigosa e a AMB3E

Foi hoje assinado o protocolo de “Ponto de Recepção de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos” entre a Câmara Municipal de Leiria, as corporações dos Bombeiros Voluntários de Leiria, Maceira e Ortigosa e a AMB3E.

“Esta recolha permite que resíduos perigosos não fiquem depositados de forma aleatória na via pública, a protecção ambiental é uma das ações dos bombeiros voluntários” disse Jorge Baptista, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários  de Leiria.

A partir de agora, as corporações de bombeiros mencionadas e ainda o quartel de Bombeiros Voluntários de Monte Redondo e de Santa Catarina da Serra dispõem de um contentor para receber resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (frigoríficos, lâmpadas, televisores, aspiradores, etc.). Estes e outros equipamentos são depois encaminhados para um centro de tratamento para serem desmantelados e reaproveitados. A entrega dos equipamentos não tem qualquer custo para o cidadão e pode representar uma contribuição para as corporações.

Raul Castro, presidente da Câmara Municipal de Leiria, referiu que “este protocolo é muito importante pelos ganhos ambientais e sociais que implica e faz parte do plano de implementação de um desenvolvimento sustentável em Leiria”.

A iniciativa tem a parceria da AMB3E – Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos, que por cada tonelada de resíduos recolhidos, oferece a quantia de 50 euros às corporações de bombeiros. “Esta é uma forma de eliminar riscos ambientais e de dar uma pequena ajuda às corporações de bombeiros, é bom para todos”, apontou Raul Castro.