Assinar Edições Digitais
Mercado

À sombra do Castelo de Leiria estreia-se o primeiro Mercadinho ecológico

O Mercadinho de Leiria estreia este sábado, 14 de abril, na ACRENARMO, junto ao Castelo de Leiria. É a oportunidade de descobrir o seu eco-talento.

Entre outras aptidões, um eco-talento transforma materiais em fim de vida em novos objetos prontos a ser desejados. A definição é importante porque a cidade de Leiria se prepara para acolher o seu primeiro Mercadinho ecológico.

José Ricardo, Sandra Vieira e Rosa Ribeiro querem entregar a cidade aos cidadãos (fotografia: Joaquim Dâmaso)

Um lugar que pretende promover a utilização racional de recursos, a reciclagem e a diminuição da pegada humana no planeta. Na verdade, quase tudo o que se compra, vende, troca e partilha pode ser um ecotalento.

No novo Mercadinho de Leiria, que tem a primeira edição dia 14 de abril, cabem passatempos, artes, iniciativas: desde roupa usada e fatias de bolo com ingredientes locais até abajures construídos a partir de garrafas plásticas ou percursos de bicicleta na zona histórica. A troca direta, sem dinheiro, também é aceite.

O que importa é a vontade de participar, o desejo de mostrar o que se sabe fazer bem e a motivação para ser um cidadão ativo, explica a associação ACRENARMO na sua página do Facebook.

A ideia parte de Rosa Ribeiro, Sandra Vieira e José Ricardo. Inspiram-se no Mercadinho de Seia, com o qual querem estabelecer uma parceria para intercâmbio de expositores.

Participar no Mercadinho de Leiria pode até ser um meio para escapar aos maus humores da recessão económica. “É quase terapêutico”, admite Rosa Ribeiro, dando conta da vontade de “envolver a sociedade e levar as pessoas a preocuparem-se com outras coisas que não a crise”.

Também pode ser a saída para somar uma receita adicional ao rendimento familiar. As instalações da ACRENARMO, na subida para o
Castelo, vão acolher o Mercadinho, cuja edição inaugural deve acontecer a 14 de abril. É gratuito para quem expõe e barato (30 cêntimos) para quem visita.

Rosa Ribeiro garante que cada pessoa tem um eco-talento. E lembra que “o dinamismo das cidades reside nos seus habitantes”.

A primeira edição do novo Mercadinho de Leiria deverá juntar 18 bancas nas instalações da ACRENARMO, junto à PSP e ao museu m|i|mo, na subida para o Castelo. Depois da primeira edição, neste sábado, o Mercadinho volta a acontecer no segundo sábado de cada mês.

(notícia publicada na edição de 5 de abril de 2012)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.