Assinar
Sociedade

A moda das fraldas de pano ou uma ajuda para sair da crise

As fraldas de pano voltaram a estar na moda? Ainda não, mas podem constituir uma alternativa em caso de aperto financeiro. O ambiente agradece.

Já lá vai o tempo, mais de duas décadas, em que o uso da tradicional fralda de pano e do alfinete-de-ama caiu por terra. A Associação de Defesa e Apoio da Vida (ADAV) de Leiria decidiu contudo lançar uma campanha de recolha de fraldas de pano para entregar a famílias com dificuldades financeiras.

“A ideia surgiu para ajudar a aliviar o orçamento das famílias, eventualmente num momento de aperto. O nosso objetivo passa por tentar incutir essa prática junto dos utentes”, adianta ao REGIÃO DE LEIRIA Melissa Lopes, técnica de serviço social na ADAV-Leiria.

Embora admita que seja complicado usar fraldas de pano nas saídas com as crianças, acredita que a iniciativa pode ajudar quem passar mais tempo em casa. “Não fizemos nenhum estudo, mas sei quanto auferem os nossos utentes e as despesas que têm, e tentamos com eles procurar soluções para reduzir despesas”, acrescenta a responsável.

E para ensinar os pais a dobrarem e a colocarem fraldas, a tirarem dúvidas nomeadamente no que toca a lavagens e alergias, a ADAV-Leiria propõe realizar em novembro uma ação de formação e sensibilização com a colaboração de uma enfermeira especializada em saúde infantil e pediatria.

Leia a reportagem completa na edição de 19 de outubro de 2012. Pode adquiri-la online aqui.

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.