Assinar Edições Digitais
Cultura

José Travaços dos Santos recebe Óscar Mundial do Folclore a 1 de dezembro

O etnógrafo e historiador da Batalha, de 81 anos, vai receber em Guimarães o Óscar Mundial do Folclore 2012, atribuído pela União Internacional das Federações dos Grupos de Folclore.

José Travaços dos Santos (ao centro), guiando uma visita ao Museu Etnográfico da Alta Estremadura – Casa da Madalena

José Travaços Santos, 81 anos, etnógrafo e historiador da Batalha, vai receber o Óscar Mundial do Folclore 2012, atribuído pela IGF (União Internacional das Federações dos Grupos de Folclore).

A cerimónia de entrega acontecerá no dia 1 de dezembro, às 22 horas, no Multiusos de Guimarães e faz parte do programa oficial da Capital Europeia da Cultura – Guimarães 2012.

O programa completo pode ser consultado aqui. A cerimónia será aberta ao público, que poderá assistir à entrega dos Óscares no Multiusos, estando os bilhetes (5 euros) à venda em diversos locais, como nos postos dos CTT, por exemplo, e também online.

Ao todo, serão homenageadas no dia 1 de dezembro 13 personalidades de todo o mundo, todas ligadas à defesa, salvaguarda e divulgação do património imaterial e etnográfico dos seus países.

De Portugal será enaltecido o trabalho de três pessoas: António Pires, Manuel Martins (a título póstumo) e José Travaços dos Santos.

Rodrigo Martins, presidente da Associação Folclórica da Alta Estremadura (AFAA) é perentório: a distinção “é de louvar”, porque “José Travaços Santos merece esse prémio e todos os outros que lhe venham a ser atribuídos”.

O dirigente da AFAA salienta “o trabalho que Travaços dos Santos tem feito em prol do folclore e etnografia da nossa região”, uma dedicação total refletida, por exemplo, no percurso do Rancho Rosas do Lena – à beira de completar meio século -, do Museu Etnográfico da Alta Estremadura ou na Casa da Cultura, jóias do património da Rebolaria, Batalha, e de toda a região.

Rodrigo Martins sublinha a importância do investigador para outros grupos da região: “As pessoas veem nele uma fonte onde beber informação sobre tudo o que possa melhorar as apresentações dos nossos grupos, para que sejam o mais possível fiéis às vivências de outrora”.

Leia a notícia completa da atribuição do Óscar Mundial do Folclore a José Travaços dos Santos na edição de 31 de agosto de 2012. Pode adquiri-la online aqui.