Assinar Edições Digitais
Cultura

Travaços Santos recebe Óscar com satisfação e recados

O etnógrafo José Travaços Santos, da Batalha, recebeu sábado, dia 1, o Óscar Mundial do Folclore.

O etnógrafo José Travaços Santos, da Batalha, recebeu sábado, dia 1, o Óscar Mundial do Folclore.

“Receber este prémio é para mim extremamente honroso e há um aspecto extremamente importante: é ter sido entregue na cidade em que mais pátria há em Portugal e aquela em que a pátria portuguesa se fez pátria e se fez reino”, declarou no discurso que proferiu em Guimarães, cidade que acolheu a cerimónia promovida pelo IGF – União Internacional das Federações dos Grupos de Folclore e este ano organizada pela Federação do Folclore Português.

Com 81 anos de idade, José Travaços Santos integrou o lote de 13 personalidades de todo o mundo, todas ligadas à defesa, salvaguarda e divulgação do património imaterial e etno­gráfico dos seus países, homenageados na cerimónia integrada no programa oficial da Capital Europeia da Cultura – Guimarães 2012.

Na ocasião, Travaços Santos aproveitou para deixar o que apelidou de recado ao secretário de Estado da Cultura: “Cultura não é só o cinema e o teatro que se faz em Lisboa e nas grandes cidades. Cultura é a cultura do povo também, e o folclore. Seja ministério ou secretaria de Estado tem de ter isso em consideração e defender aquilo que é a identidade do nosso povo. Isso é essencial”, afirmou.

(Notícia publicada na edição de 7 de dezembro de 2012)