Assinar
Mercado

Leiria cria aplicação que ajuda daltónicos a identificar as cores

Uma aplicação para dispositivos móveis, que ajuda pessoas com daltonismo a identificar corretamente as cores, foi desenvolvida em Leiria e Coimbra com base no código ColorADD.

Uma aplicação para dispositivos móveis, que ajuda pessoas com daltonismo a identificar corretamente as cores, foi desenvolvida em Leiria e Coimbra com base no código ColorADD, concebido pelo designer Miguel Neiva.

Rui Seiça (mobile developer) e Marta Lisboa (web designer), ambos de Leiria, em parceria com Rui Cardoso (designer de comunicação, de Coimbra), disponibilizaram a ColorADDapp na App Store no início de fevereiro, a um preço de 80 cêntimos.

Brevemente, pensam lançar a versão para o sistema operativo Android. As receitas da ColorADDapp são partilhadas com Miguel Neiva e a aquisição da aplicação contribui para o programa de responsabilidade social de diagnóstico precoce do daltonismo nas escolas.

Este novo sistema universal de identificação das cores já foi adotado por marcas como a Zippy (roupa), a Viarco (lápis) e a Cin (tintas), estando também em uso em alguns hospitais.

Em todo o mundo, o daltonismo afeta 350 milhões de pessoas. O código baseia-se em cinco ícones que representam as três cores primárias, o branco e o preto. As diferentes combinações resultam num total de 27 símbolos.

O designer Rui Cardoso explicou ao REGIÃO DE LEIRIA que o desenvolvimento da aplicação pretende apoiar “uma invenção portuguesa”, cujo “grande vetor é a inclusividade”.

A experiência vai dar origem a uma nova empresa, para operar na área da comunicação visual.

(Notícia publicada na edição de 28 de fevereiro de 2013)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.