“Caminhos da Alma” é o título provisório da ficção documental que o cineasta português João Canijo está a preparar e que envolve o percurso feito por um grupo de mulheres entre Bragança e Fátima.

Contemplado pelo concurso de apoio à produção cinematográfica de 2011, o projeto será um foot movie, pretende captar uma peregrinação de mulheres até Fátima. “Será ficção mas não exatamente ficção.

A ideia é misturar o percurso dessas mulheres com o documental que se encontrar no caminho”, explicou o realizador ao jornal Público. No máximo, Canijo trabalhará nesta peregrinação com 11 atrizes, mas ainda não há contrato assinado para avançar com o filme.

O realizador, contudo, já fez parte do período a pé. “Eu já fui a Fátima a pé para ver o que doía, é horrível! E só fui de Coimbra, mesmo assim foram 42 quilómetros num dia e 38 no outro, é dureza e muito irracional”, avançou ao site “Rua de Baixo”.

No programa de apoio anunciado também “Diários suspensos”, de Joaquim Sapinho, de Alcobaça, foi contemplado.

VP