Assinar
Cultura

Abrigo do Lagar Velho, no Vale do Lapedo, classificado Monumento Nacional

O Abrigo do Lagar Velho, na freguesia de Santa Eufémia, em Leiria, foi hoje classificado como Monumento Nacional, a categoria máxima na classificação de bens culturais.

O Abrigo do Lagar Velho, na freguesia de Santa Eufémia, em Leiria, foi hoje classificado como Monumento Nacional, a categoria máxima na classificação de bens culturais.

Catorze anos após o pedido inicial de classificação, elaborado pela Câmara de Leiria, o processo de classificação fica, assim, concluído, depois da indicação favorável à atribuição do estatuto ter saído em novembro em 2012.

O Centro de Interpretação ajuda a perceber a importância arqueológica do vale, em Santa Eufémia, para o entendimento da evolução humana (fotografia: Joaquim Dâmaso)

“Esta distinção é muito importante para o Município de Leiria, porque é o reconhecimento de uma marca patrimonial, histórica e cultural não só da região como do País”, afirma Gonçalo Lopes, vereador da Cultura da Câmara de Leiria, citado pelo gabinete de imprensa da autarquia.

O autarca considera que a classificação irá potenciar o interesse científico dos achados arqueológicos. “Constitui, sobretudo, uma forma de reconhecimento nacional e internacional para o desenvolvimento de um conjunto de projetos de base científica e académica”.

Com a importância reconhecida, o Vale do Lapedo pode agora constituir-se “como polo de atração turística, com o envolvimento do município de Leiria, de universidades, do governo e do setor privado”.

O sítio arqueológico ficou mundialmente conhecido pela descoberta do “Menino do Lapedo”, em dezembro de 1998.

A descoberta do esqueleto de uma criança de 4 anos, que tinha sido sepultada há cerca de 24.500 anos, causou surpresa por apresentar num conjunto de sinais e objetos que revelavam um ritual de enterramento, típico daquela época, o Paleolítico Superior.

O processo de classificação, elaborado pelo IGESPAR, criou uma área de proteção no sítio da descoberta, designada por Abrigo do Lagar Velho, e uma zona especial de proteção que se estende ao longo de quase todo o vale.

O processo de classificação do Abrigo do Lagar Velho foi aprovado em Conselho de Ministros em 2003. Contudo, a necessidade de definir os limites da área de proteção do Vale do Lapedo implicou um período de reanálise do processo e dois períodos de discussão pública, que culminaram hoje na atribuição da classificação de Monumento Nacional, publicada em Diário da República.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.