Assinar
Sociedade

"Praia" de São Bento provoca “romaria” ao fim de semana

Não é usual, em pleno inverno, uma praia suscitar tanta atenção. Menos ainda se a praia estiver situada em plena serra. Mas em São Bento, pequena aldeia serrana de Porto de Mós, os últimos fins de semana têm sido movimentados.

Não é usual, em pleno inverno, uma praia suscitar tanta atenção. Menos ainda se a praia estiver situada em plena serra. Mas em São Bento, pequena aldeia serrana de Porto de Mós, os últimos fins de semana têm sido movimentados.

Que o diga Luís Cordeiro, presidente da junta local: “Tem sido bastante movimentado nos fins de semana, com mais de 50 visitantes por dia”, explica.

Desde que a praia jurássica de São Bento foi divulgada publicamente, há cerca de um mês, a curiosidade tem levado largas centenas de pessoas à procura do vestígios de uma praia tropical com 170 milhões de anos.

Para Luís Cordeiro, os vestígios arqueológicos encontrados numa antiga pedreira e que estão a merecer o estudo de vários especialistas, são uma riqueza turística que deve ser potenciada.

“Pode ser bastante positivo para a freguesia”, considera, sublinhando a necessidade de encontrar forma de promover o local assegurando a sua preservação.

Dália Silva, elemento do executivo da junta de São Bento, defende “o melhoramento das vias de comunicação, criação de circuitos de observação e painéis explicativos dos locais onde se encontram fósseis”. Em suma, entende, seria uma intervenção que permitiria “acrescentar valor patrimonial à freguesia”.

Para já, a curiosidade de quem quer saber mais sobre a praia jurássica esmorece, uma vez que a antiga pedreira onde foi encontrada está situada num local de difícil acesso. E o impacto na economia local é, para já, reduzido, acrescenta Dália Silva.

Mas aquele achado arqueológico pode ganhar crescente relevância, uma vez que a Assembleia Municipal de Porto de Mós já deliberou no sentido de avançar o processo da sua classificação.

(Notícia publicada na edição de 2 de janeiro de 2013)

CSA

114u30u3099bb340k45ufgxrn55rrbqjw55

(Fotogaleria e outras informações aqui)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.