Assinar Edições Digitais
Sociedade

Extinção da Leirisport prorrogada até agosto

O Tribunal de Contas concedeu no início do mês de fevereiro o visto prévio para a transmissão do contrato de financiamento celebrado entre a Leirisport e os bancos BPI/CGD para o município de Leiria.

O Tribunal de Contas concedeu no início do mês de fevereiro o visto prévio para a transmissão do contrato de financiamento celebrado entre a Leirisport e os bancos BPI/CGD para o município de Leiria.

leirisportCom a assunção do empréstimo, estimado em cerca de 16 milhões de euros, a Câmara tem agora luz verde para avançar com a liquidação da empresa municipal. Segundo Gonçalo Lopes, vereador do Desporto, falta contudo concluir vários procedimentos, entre os quais a alienação do património da sociedade (ativo e passivo) e a resolução da situação laboral dos 15 trabalhadores, pelo que foi proposta em reunião de Câmara nova prorrogação de seis meses – até 31 de agosto – para finalizar o processo.

A autarquia aprovou ainda a abertura de um procedimento concursal para a contratação de dez colaboradores para o estádio, vagas a que poderão candidatar-se aqueles funcionários.

“O que nos preocupava mais era a situação do empréstimo que agora entra na Câmara com todas as aprovações, e a próxima prestação será paga pelo município”, explicou Gonçalo Lopes.

Fica ainda por resolver o contencioso relacionado com a transição dos terrenos onde foi construído o estádio para a Leirisport, e que poderá onerar o município em cinco milhões se tiver de pagar o imposto sucessório.

MR

(Notícia publicada na edição de 20 de fevereiro de 2014)