Assinar
Sociedade

Mudança para o ISDOM “salva” Universidade Sénior da Marinha Grande

Há vários meses que a USMG procurava novas instalações para prosseguir a atividade e dar resposta aos pedidos de inscrição de novos alunos. O ISDOM – Instituto Superior D. Dinis foi a solução.

Se da próxima vez que presenciar uma atuação da tuna académica do ISDOM – Instituto Superior D. Dinis, da Marinha Grande, encontrar entre os seus elementos diversos idosos, não estranhe. A colaboração dos alunos da Universidade Sénior da Marinha Grande (USMG) na tuna do ISDOM, é apenas uma das possibilidades em aberto com o aproximar das duas instituições.

Há vários meses que a USMG procurava novas instalações para prosseguir a atividade e dar resposta aos pedidos de inscrição de novos alunos. A abertura do novo ano letivo vinha sendo adiada, uma vez que faltavam instalações capazes de acolher todos os interessados.

A universidade funcionava em instalações cedidas pela Associação Sindical União Reformados Pensionistas Idosos da Marinha Grande que se tornaram exíguas face à elevada procura, adianta Daniela Anéis, coordenadora pedagógica desta universidade informal.

A USMG pediu ajuda à Câmara local, mas não chegou uma resposta atempada, pelo que partiu-se para o apelo junto dos privados, esclarece. E a solução chegou.

Na última terça-feira, alunos e responsáveis da USMG rumaram ao ISDOM, instituição que cedeu as instalações necessárias para a “congénere” vocacionada para o ensino informal de idosos. Desta forma, o ano letivo pode arrancar, agora com a possibilidade de ter aulas a decorrer em mais que uma sala, em simultâneo.

Na cerimónia de receção no instituto, foi até lançado o desafio: os alunos seniores podem vir a colaborar com a tuna do ISDOM. E a ideia é estreitar o intercâmbio entre alunos mais jovens e os idosos.

Cristina Simões, diretora do instituto superior da cidade vidreira, sublinha que a USMG é “um projeto válido e uma causa social”, razão pela qual “era impossível dizer que não a um projeto útil que contribui para diminuir a exclusão social, pelo que assumimos a nossa responsabilidade de ajudar, cedendo o espaço”.

À habitual oferta letiva, a USMG junta este ano as disciplinas de xadrez, custoromania, histórias da Marinha Grande, danças do mundo, fotografia e psicologia geral e relacionamento interpessoal.

Daniela Anéis revela que está em estudo a abertura de um polo da universidade em Vieira de Leiria. Atualmente com inscrições abertas, esta responsável admite que este ano, a USMG deverá ultrapassar a centena e meia de alunos.

p18 universidade senior isdom
Alunos e responsáveis da universidade sénior recebidos no ISDOM

CSA

(Notícia publicada na edição de 18 de setembro de 2014)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.