Assinar Edições Digitais
Desporto

Dupla Porém sagra-se campeã nacional absoluta de todo o terreno

Durante a temporada, o leiriense registou três vitórias e terminou todas as provas no pódio. No final obteve 103 pontos e o título nacional absoluto

Sem espinhas. Na última jornada do Campeonato Nacional de Todo o Terreno, no passado dia 1, em Portalegre, Ricardo Porém voltou a terminar no pódio. O resultado final valeu-lhe o primeiro título na categoria.

Foto de Telmo Gil
Foto de Telmo Gil

“Foi um final absolutamente espetacular. Resultado de um esforço grande que já vinha de trás e que se concretizou com a conquista do título. Dedico este triunfo a todos os que me acompanharam e que acreditaram que era possível sermos campeões (…) É uma sensação única! Estou nas nuvens”, disse o piloto no final da etapa.

Acompanhado pelo irmão Manuel Porém, Ricardo apresentou-se na Baja de Portalegre ao volante de um Mini All4 Racing e precisou de 5h25m37s para vencer a prova. Gastou menos 1m33s do que o príncipe do Qatar, Nassar Al-Attiya, que venceu o prólogo, e 3m52s do que o seu adversário direto na luta pelo título, Miguel Barbosa.

Durante a temporada, o leiriense registou três vitórias e terminou todas as provas no pódio. No final obteve 103 pontos, os mesmos pontos que Miguel Barbosa, mas o critério de desempate, em função do maior número de 1º, 2º e 3º lugares obtidos nas gerais das provas, foi favorável a Ricardo Porém.

Na categoria T1, Leiria contou ainda com a participação de Paulo Ferreira/Jorge Monteiro que terminou em 10º lugar, e da dupla Eduardo Mota/Nuno Sousa que conquistou o vice-cam­peonato em T2, no ano de estreia nesta competição. Rita Oliveira foi 10ª em buggy/UTV.