Assinar
Sociedade

Edifícios do Parque Tecnológico de Óbidos candidatos ao Prémio van der Rohe

Os edifícios centrais do Parque Tecnológico de Óbidos estão nomeados para o Prémio Mies van der Rohe 2015 – Prémio da União Europeia para a Arquitetura Contemporânea.

Edifícios-Centrais-PTO-Arquivo-MO

Os edifícios centrais do Parque Tecnológico de Óbidos estão nomeados para o Prémio Mies van der Rohe 2015 – Prémio da União Europeia para a Arquitetura Contemporânea.

Projeto do arquiteto Jorge Mealha, a obra custou 5,4 milhões de euros e tem uma área total de construção superior a 4 mil metros quadrados, acolhendo escritórios, auditório, salas de reunião, espaços de lazer, cafetaria e outras áreas.

A arquitetura destaca-se por um quadrado vazado e sobrelevado que, pela sua disposição e articulação, delimitam e sugerem um espaço exterior central.

O Prémio Mies van der Rohe é atribuído de dois em dois anos, distinguindo a produção arquitetónica de qualidade na Europa, e foi instituído em 1987 pela Comissão Europeia e pela Fundação Mies van der Rohe, com sede em Barcelona.

Além do projeto de Óbidos, há outros cinco em Portugal nomeados para a a edição de 2015.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados