Select Page

Koi: sorte, longevidade e sucesso criam adeptos em todo o mundo

Koi: sorte, longevidade e sucesso criam adeptos em todo o mundo

É considerado um símbolo sagrado no Japão e celebrado no Dia das Crianças, no feriado nacional de 5 de maio. Muito representado em tatuagens, a koi simboliza a superação dos obstáculos e da vitória.

Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso

A beleza do peixe será um dos primeiros factores a influenciar a escolha da carpa koi para animal de estimação. Contudo, após um primeiro contacto, são vários os elementos que fazem aumentar este gosto e torná-lo numa paixão. Os adeptos das koi chegam mesmo a fazer coleção. Não há duas carpas iguais.

Originárias da China, é no Japão que este peixe se transforma num símbolo sagrado, após mutação genética da carpa comum. Existem mais de 60 espécies, resultado do cruzamento aleatório da espécie, o que resulta numa miscelânea de cores e padrões.

Os japoneses acreditam que o animal traz sorte, felicidade, saúde e sucesso, isto é, tudo o que uma criança precisa para ter um crescimento saudável. É por esse motivo que no Kodomo no Hi, Dia das Crianças, celebrado a 5 de maio, feriado nacional no Japão, os peixes são homenageados. As família manifestam o respeito pelas crianças pendurando coloridas carpas em forma de bandeiras (koinobori), nas casas, a uma altura em que todas fiquem visíveis.

Luís Martins, de Sintra, tem dezenas de carpas koi e fala de forma entusiasta quando questionado pelo tema. “Ter kois ajuda na saúde mental, na paz de espírito e é também viciante. Quando estou a tratar delas fico isolado do mundo, num momento zen, em que as admiro. A beleza delas e o nadar gracioso compensa qualquer momento agitado que uma pessoa possa ter no dia a dia”, esclarece este aficionado que há mais de 30 anos lida com carpas.

Na região, no Parque dos Monges, em Chiqueda, Alcobaça, existem dois espaços com a presença destes animais desde 2011. Além dos tanques do Fluviário Mãe d’Água, as koi “dominam” o lago central do Parque dos Monges. Não se sabe ao certo quantos exemplares desfilam pelo Lago das Freiras mas serão muitos, com várias cores e tamanhos.

O simbolismo que as koi transportam é também utilizado para tatuagens. Segundo uma lenda, a carpa tinha que atingir a fonte do rio que corta a China, o Huang Ho (Rio Amarelo), na época da desova. Para isso, tinha que nadar contra a corrente e subir à montanha Jishinhan. A carpa que alcançasse o topo tornava-se um dragão. Daí que o significado da carpa varia de acordo com o posicionamento do peixe na tatuagem. Se é representada a subir significa a superação dos obstáculos, o objetivo e a perseverança. No caso de ser representada para baixo, a descer o rio, simboliza a vitória, a conquista, o êxito de um objetivo.

Marina Guerra (texto)
marina.guerra@regiaodeleiria.pt
Joaquim Dâmaso (fotografia)
joaquim.damaso@regiaodeleiria.pt

(artigo publicado na edição 5 de janeiro de 2017)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com a legalização da canábis para fins medicinais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

O Tempo

-1° Humidity: 100%
Clouds: 90%
Wind(S): 12kph
névoa
Terça-feira
-1°
Quarta-feira
-3° -9°
Quinta-feira
-6°
Sexta-feira
-4°
Sábado
11°

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This