Assinar
Leiria

“Descarga violenta” atinge ribeira dos Milagres esta manhã

Descarga deixou curso com bastante espuma e a água negra. Autoridades foram alertadas e deslocaram-se ao local.

A ribeira dos Milagres volta a ser notícia e pelos factos que normalmente lhe estão associados. 

Uma descarga de forte dimensão foi realizada para o curso de água, provocando uma grande quantidade de espuma e deixando a água negra.

Rui Crespo, porta voz da comissão de defesa da Ribeira dos Milagres, deparou-se com a ocorrência esta manhã e considera o cenário “de uma violência tremenda”. “As descargas são diárias e tremendas, todas são violentas, mais ou menos, mas esta atingiu um patamar incrível”, refere ao REGIÃO DE LEIRIA.

O responsável alertou as autoridades, que se deslocaram ao local, e a patrulha da GNR terá confirmado a ocorrência. Ao que tudo indica, a descarga terá origem suinícola e o caso vai ser investigado.

“O problema persiste. São promessas em cima de promessas, incumprimentos em cima de incumprimentos. Esperamos que este ministro [do Ambiente] não seja mais um [como os anteriores]. É tempo de pôr as pessoas na ordem e a cumprir as suas obrigações cívicas”, acrescenta Rui Crespo, que há vários anos luta pela despoluição do rio Lis e alerta as autoridades e entidades oficiais para o problemas das descargas.

Até ao momento não foi possível obter esclarecimentos junto da GNR de Leiria.

Espuma e água turva eram evidentes na ribeira dos Milagres Foto: Comissão da Ribeira dos Milagres

Marina Guerra
Jornalista
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.