Select Page

Incêndios de Pedrógão Grande e Pinhal de Leiria inspiram músicas de intervenção

Preocupado e impressionado com os fogos, XL lançou dois temas hip hop sobre as tragédias de Pedrógão Grande e do Pinhal de Leiria

Primeiro foram os incêndios no norte do distrito, em junho. Depois foi o litoral a ser devastado pelos fogos de 2017 como não há memória. A tragédia inspira agora o trabalho da comunidade artística. 

XL (Xpressívo Lírico), de Leiria, lançou mãos à obra, com letras de intervenção e música hip hop. Os GNTK também criaram um tema e os Calema associaram-se ao drama das vítimas dos incêndios, realizando um videoclip no que resta da mata nacional.

Logo em junho, XL apresentou “Portugal de luto”, lançado na sequência do incêndio de Pedrógão Grande, onde aborda os problemas que originaram o cataclismo e as possíveis soluções. 

Após os fogos que consumiram vasta área no litoral da região e quase fizeram desaparecer o Pinhal de Leiria, XL marcou a sua posição com “Pinhal Real”. A música fala da história, da importância e do futuro daquele espaço tão especial para a Marinha Grande, para o distrito de Leiria e para Portugal. 

“Senti que tinha que agir, como leiriense nascido e criado na cidade (…) para preservar a História do Pinhal de Leiria, para informar os ouvintes sobre detalhes do próprio pinhal e para movimentar acções humanas de limpeza, reflorestação e preservação”, explicou XL numa nota.

O músico critica a falta de ação dos governos, que “podiam ter adaptado a frota da força aérea para o combate aos incêndios, aumentado o número de guardas florestais, mobilizado os militares, combatido o desemprego através da mobilização de recursos humanos para a limpeza das matas, reflorestado com castanheiros e carvalhos que são árvores que não ardem tão facilmente como o eucalipto”.

“Por tudo isto que não se fez, perdemos grande parte do Pinhal de Leiria, o que lamento profundamente. Infelizmente não sei se terei tempo de vida para o voltar a ver como um dia o vi, quando ainda era criança”, conclui.

As músicas dos GNTK e Calema

“Adamastor”, composta pelos GNTK, de Diogo Fernandes (Menasso), de Pombal, e João Correia, da Praia da Vieira, e com voz de Joana Rosa, de Vieira de Leiria, é outra música criada para homenagear o Pinhal de Leiria, a propósito do incêndio de 15 de outubro.

“Tempo”, dos Calema, é mais uma música de homenagem aos bombeiros e vítimas dos incêndios em Portugal. O videoclip tem como cenário o Pinhal de Leiria. As vendas do tema em versão digital revertem a favor das populações afetadas pelos fogos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Acredita que as Termas de Monte Real irão abrir em 2018?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

O Tempo

Humidity: 45%
Clouds: 1%
Wind(WSW): 8kph
céu claro
Segunda-feira
Terça-feira
12°
Quarta-feira
Quinta-feira
Sexta-feira
-1°

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This