Select Page

Dois fotógrafos de Leiria entre os laureados da revista francesa “Photo”

Cinquenta mil fotografias de mais de 70 países de todo o mundo concorreram ao “Le plus grand concours photo du monde 2017”, o mais antigo e reputado concurso promovido por uma revista especializada em fotografia, a francesa “Photo”. Dessas, 400 foram escolhidas para constarem na primeira edição especial de 2018 – e entre o lote de laureados há dois fotógrafos de Leiria, João Ferreira e Luís Lobo Henriques.

Luís Lobo Henriques, que nasceu em Angola e vive em Leiria, é um habitué nas seleções da “Photo”. Em 2010 venceu mesmo na categoria Grafismo e Arquitetura. É finalista há vários anos, desde 1984.

Um retrato da “sósia” de Angelina Jolie, a modelo Alina Mansukhlal, portuguesa de ascendência indiana, garantiu a Luís Lobo Henriques a entrada no grupo de laureados na restrita categoria Retrato. Alina foi fotografada antes do desfile de abertura da loja da estilista Kristine Kosta, uma cerimónia em que o fotógrafo participou na coordenação. A imagem está na página 39 da “Photo” de janeiro/fevereiro.

Pela terceira vez, uma fotografia de João Ferreira, de Leiria, é escolhida pela “Photo”. Fotógrafo amador, João tem construído um interessante corpo de trabalho, sobretudo desde “1.3 Billion”, projeto fotográfico sobre o quotidiano da China. Coincidência ou não, em 2017 venceu o Prémio Estação da Imagem “Vida Quotidiana” com “Arquipélago”.

João Ferreira continua a mergulhar em Cabo Verde alargando “Arquipélago”, a incursão fotográfica que mostra o território e as pessoas em exposições vivas que têm percorrido o país. Uma das imagens do fotógrafo de Leiria foi escolhida pela “Photo” (está na página 67), na categoria Reportagem. Atualmente “Arquipélago” está patente no CAE da Figueira da Foz.

2 Comentários

  1. ALINA mANSUKHLAL

    Ora, a modelo sou eu, mas polaca… parece-me que não. Portuguesa de ascendência indiana, ou pelo menos é o que me têm dito a vida toda. Talvez este engano tenha seguido o exemplo do engano anterior: por incrível que pareça, o apelido consegue ser mais complicado do que isso, sendo que leva um H a seguir ao K. Mansukhlal, em vez de Mansuklal, não me perguntem porquê. Desculpem-me o tom sarcástico, com a séria tentativa de ser humorístico, mas foi assim que aprendi a lidar com este tipo de equívocos, aos quais já (devia) estou habituada. Obrigada pelo destaque que dão ao Luís, e a mim, neste vosso artigo. Ele merece.

    Ps: O mais giro é que enquanto escrevo isto, aparecem aqueles tracinhos vermelhos engraçados que indicam que há qualquer coisa mal escrita… por baixo dos meus dois apelidos, o correto e o polaco. Ó sorte.

    Alina Mansukhlal

    Responder
    • Manuel Leiria

      Olá, bom dia. Muito obrigado pelo seu comentário e compreensão. As nossas desculpas pela incorreção e pelo incómodo. Foi rectificado. Cumprimentos.

      Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a idade mínima de voto em Portugal seja aos 16 anos?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Share This