Select Page

Morreu Manuel Pedro de Sousa, fundador da Papelaria Americana

O fundador da Papelaria Americana, Manuel Pedro de Sousa, morreu hoje, sexta-feira, 5 de janeiro, informou a empresa.

O empresário, que tinha 85 anos, criou a Americana há 61 anos, na rua Barão de Viamonte, nº 5, próximo da Sé de Leiria.

Hoje, a Americana continua a ser um dos líderes nacionais na área de material de escritório, consumíveis de informática e manualidades, com mais de 20 mil clientes.

Em 2016, Manuel Pedro de Sousa recebeu, com Laura Sousa, o Prémio Carreira da NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria. Em 1999, a empresa alcança o estatuto de PME Excelência Comércio.

Também em 2016, numa reportagem publicada pelo REGIÃO DE LEIRIA, o empresário resumiu a fórmula com que levou a Papelaria Americana ao sucesso:

“Primeiro que tudo, investir nas crianças, por sentir que era uma aposta lógica. As crianças de hoje são os adultos de amanhã e, oferecendo um serviço diferente, nunca duvidei que os jovens se transformariam mais tarde em potenciais clientes. Não errei porquanto é um facto cruzar-me com gente, formados, comerciantes, excelentes funcionários públicos e de empresas privadas e muitos industriais, para cujo êxito a Americana contribuiu”, afirmou então.

As cerimónias fúnebres realizaram-se amanhã, sábado, a partir das 10 horas na Igreja do Convento dos Franciscanos. A missa de corpo presente é celebrada pelas 15h30, seguindo depois para o Cemitério de Leiria.

(Artigo atualizado às 18h10, com informação sobre as cerimónias fúnebres)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com a lei que proíbe o abate de animais nos canis municipais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This